Lolita…

Hoje conheci uma Lolita. Uma verdadeira Lolita. Tão linda como a própria, alguns três anos mais velha, porém, uma versão (mais) trágica da Dolores de Nabokov. Essa Lolita fora estuprada pelo pai desde os oito anos (deve ter uns 14, agora); caso revelado, o pai conseguiu não ser preso e, agora, a menina estava querendo não denunciá-lo, mudando o depoimento. Ele conseguiu isso prometendo a ela presentes e até ensiná-la a andar de carro. Pela conversa que ouvi dela, ela está convencida de que isso é o melhor agora. Não sei como terminou a história, se ela denunciou ou não o pai, mas, essas são pequenas histórias da nossa vida real. Real e trágica, muitas vezes.

~ por pornografo em 26 agosto, 2008.

Uma resposta to “Lolita…”

  1. […] Ler a notícia original na totalidade […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: